Quem diria que depois de mim esquivar várias vezes no dia 06/09/2014 iríamos nos beijar pela primeira vez?

Beijo gostoso é aquele que dar um friozinho na barriga – Foi exatamente isso que eu sentir quando nos beijamos pela primeira vez.

Eu e mainha com meus outros irmãos tínhamos ido para a casa do meu primo Fernandinho, sem ele saber, a convite de sua mãe para juntos comemorarmos o seu aniversário. Estava tudo lindo, apesar de que ainda precisava-se realizar alguns ajustes. Contudo, nesse mesmo dia, só que um pouco mais cedo, eu e Felipe estávamos na casa de Milena e Deivson e entre várias conversas Felipe sugeriu que fossemos jogar tênis – isso porque eu tinha comentado que estava tendo aula de tênis aos domingos com meu tio Dão e que ele tinha mim emprestado duas raquetes e três bolas para eu ficasse praticando durante a semana em casa. Por fim, juntos acabamos decidindo que iríamos competir um contra o outro para ver quem era o melhor no Parque Santana.

Quando Felipe passou por minha casa para pegar as raquetes e as bolas eu disse a ele que eu não poderia ir porque eu tinha que estar no aniversário do meu primo, que morava perto da praça da Av. do Forte, e assim nos despedimos. Embora eu tenha decidido ir para o aniversário, peguei o telefone e entrei em contato com Milena e perguntei: – Como estava o jogo? ela me respondeu dizendo que não tinha ido, me despedindo dela, logo entrei em contato com Felipe, ele me disse que eles tinham desistido de ir para o Parque Santana e que estavam bem pertinho de mim, – Ao ouvir essa notícia fiquei superfeliz, pois, mesmo estando no aniversário meu coração e meus pensamentos estavam com os meninos, ao ponto que eu tomei a decisão de ir correndo para a praça.

Como havíamos programado jogamos um contra o outro, entre tantas derrotas algumas vitórias, e assim jogamos até começar a chover, quando as pessoas achavam que iríamos parar por conta da chuva, pensamos bem e resolvemos ficar mesmo chovendo, como consequência dessa decisão levei um baita escorregão, abrir escala como se fosse ginasta, fiquei com minha bunda toda suja de lodo, porém não desistir, mas mesmo assim perdi a partida.

Quando decidimos voltar para casa, após a chuva já ter passado, Deivson nos acompanhou até a frente da minha casa, como eu e Felipe morávamos, e ainda moramos, na mesma rua, nos despedimos dele e antes de Felipe ir embora, o convidei para entrar e comermos o bolo que eu tinha pedido para mainha trazer para mim.

Ainda encharcados dividimos os doces, os salgados e o bolo, que estava enfeitado com chantilly. Como havia voltado a chover preferimos como sempre ficar mais um pouco juntos antes de termos que nos despedir, mas entre vários assuntos aquele chantilly que estava no prato me chamou a atenção ao ponto de eu pegar um pouco e experimenta-lo ao ter gostado perguntei a Felipe se ele queria, não tendo uma uma resposta positiva peguei o chantilly e comecei a passar em seu rosto, começando com um nariz de palhaço e depois fingindo que estava passando batom, como eu estava próxima do seu rosto ele não resistindo mim tacou um beijo que até hoje lembro, – um beijo diferente, um beijo gostoso, um beijo bom, “um beijo que o seu sabor foi muito mais além do sabor delicioso do chantilly”.

Anúncios